Conan, o Cimério
Olá visitante, seja bem vindo!!

Este fórum foi feito por fãs de Conan, o Cimério, numa pequena tentativa de reunir amigos e mais pessoas interessadas em assuntos relacionados a espada & feitiçaria.

Aqui você encontrará reviews de filmes, estudos sobre o tema, notícias e tudo mais que seja relacionado!!

Faça seu registro e participe conosco em nosso exército!!!

Grato!!
Administrador
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 24 em Sab Maio 02, 2015 4:12 pm
Últimos assuntos
» Frases marcantes de Conan (filmes, livros e HQs em geral)
por Adirrônei Borges Dom Fev 19, 2017 2:45 pm

» Conan o Bárbaro - Desenho Animado (The Adventurer)
por samedley Qua Maio 27, 2015 4:57 pm

» Vendo alguns itens da minha coleção do Conan
por Lipe Sex Abr 03, 2015 5:04 pm

» Saudações Guerreiros!!! Apresentem-se!!
por Rogerio Rocha Qui Mar 26, 2015 8:32 am

» Tudo Relacionado ao Conan.
por Rogerio Rocha Qui Mar 26, 2015 8:30 am

» TERROR NA COSTA NEGRA PT-BR
por Rogerio Rocha Qui Mar 26, 2015 8:28 am

» A ÚLTIMA HISTÓRIA DE BÊLIT
por Marc o Cimerio Qua Mar 25, 2015 8:05 pm

» Dicas para barachos de primeira viagem...
por Lipe Sex Dez 19, 2014 1:05 pm

» CONAN DVDS RAROS
por magobardo Seg Set 22, 2014 6:30 pm

Dezembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário


[Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Josey Wales em Sab Out 15, 2011 6:35 pm

A década de 1980 deixou um vasto acervo de filmes do gênero Sword and Sorcerer, estilo que tratava de tempos longínquos e misturava realidade e fantasia em aventuras alucinantes que marcaram época. A maioria encontra-se esquecida atualmente ou não chegou sequer a ser conhecida pelo jovem público de hoje que prefere, obviamente, tocar uma bronha para um Senhor dos Anéis a descobrir filmes como Excalibur, Krull, The Beatmaster ou até mesmo algo mais trash, como Deathstalker. A Espada e os Bárbaros foi a estréia de Albert Pyun como diretor, um belo exemplar que acabou nomeando o gênero com seu título original, The Sword and The Sorcerer.

Mas infelizmente, e até curioso isso, A Espada e os Bárbaros também acabou no ostracismo. Merecia ter-se tornado no mínimo um clássico! Além de ser uma ótima aventura com boas doses de violência, bastante humor, mulheres nuas e efeitos especiais à moda antiga de primeira qualidade, o filme foi um enorme sucesso comercial levando em conta seu orçamento discreto. Para ter uma noção, Conan - O Bárbaro, em toda sua magnitude, lançado no mesmo ano e com capital mais espaçoso que este aqui, arrecadou apenas dois milhões a mais. Nada mal para o estreante diretor havaiano


Segundo o produtor Brandon Chase, valeu a pena arriscar com Pyun na direção. Havia cinco anos que os roteiristas Tom Karnowski, John V. Stuckmeyer e o próprio Pyun estavam trabalhando na idealização do projeto. Nada mais justo deixar que o jovem diretor de 26 anos colocasse em prática os “ensinamentos” lhe passado por Takao Saito, diretor de fotografia de vários filmes do mestre Akira Kurosawa. Claro que pelo resultado na tela em muitos de seus filmes parece que foram-lhes ensinado por um Ed Wood, mas Pyun mandou bem em muitos detalhes de A Espada e os Bárbaros, especialmente no ritmo ágil que garante diversão, assumindo uma postura de aventura B sem grandes pretensões.


A trama é basicamente uma estória de vingança. Temos o rei Cromwell (Richard Lynch) tentando conquistar um reino cujo exército é invencível. Mas com a ajuda de Xusia, um feiticeiro monstruoso e muito poderoso, consegue vencer a batalha e fazer daquele local o seu reino maligno. A estória continua anos mais tarde, quando Talon (Lee Horsley), o filho do Rei assassinado que conseguiu escapar naquela altura, se torna um guerreiro mercenário e lidera um grupo de saqueadores que realiza jornadas de cidade em cidade. Quando retorna ao antigo reino em que vivia, Talon resolve se vingar daquele que matou seus pais, libertar o povo da tirania e ainda conquistar o coração da princesa.


Richard Lynch deve ter aqui um de seus melhores desempenhos. É desses atores que parece estar sempre dando tudo de si mesmo que esteja envolvido na maior das porcarias, o que acaba valendo a pena pela sua presença marcante nas fitas dentre as quais participa. Já Lee Horsley, que dá vida ao herói, possui trejeitos que me lembram muito Errol Flynn. Demasiado canastrão que sabe se impor em cena, inclusive a semelhança física entre os dois reforça esse devaneio meu...

Alguns dos pontos de maior relevância, entretanto, são os cenários, efeitos especiais e maquiagem. Logo no início, na caverna onde Cromwell ressuscita, há uma parede de rostos que adorna a tumba do feiticeiro cuja concepção visual é muito interessante. O próprio Xusia é um ser repugnante com um aspecto monstruoso bem legal. Brilhante também a trilha sonora de David Whitaker e a fotografia de Joseph Mangine que realçam muito bem a atmosfera das locações e ambientações.


Albert Pyun iniciou a carreira com o pé direito. Teve liberdade total para ousar, possuía muita gente boa trabalhando na produção e parte técnica, um excelente ator como Richard Lynch no elenco e não desperdiçou a oportunidade de realizar um belíssimo filme. Uma pena que vários de seus trabalhos seguintes não tiveram a mesma qualidade. Mas há quem goste, como os loucos aqui. Atualmente estamos aguardando ansiosamente por cada filme. Existem pelo menos quatro previstos para serem lançados este ano, incluindo Tales of Ancient Empire, sequência de A Espada e os Bárbaros, que estava nos planos dos produtores desde aquela época.


Texto de Ronald Perrone publicado no blog: http://radioactivedream.blogspot.com/2010/03/espada-e-os-barbaros-sword-and-sorcerer.html
-----------------------------------------------------------------------------

Claro que minha lembrança é turva... vi este filme provavelmente a uns 18/20 anos atrás (me lembro até da locadora na qual o aluguei). Mas... sei que este filme é reverenciado por muitos fãs de Howard. Se não me engano, me parece que li em algum lugar que os diretores chegaram até alegar que o filme deles chegavam muito mais perto da obra de howard do que o proprio filme de John Milius que levava o nome Conan. Acho até que eles realmente copiaram alguns trechos de contos de howard... mas... como disse, está tão turvo que eu teria que reve-lo antes de dar qualquer opnião.

Um detalhe que eu quero alertar é, diferente de outras trasheiras italo-americanas, o poster desta obra pelo menos tem haver com o filme!!! cheers


Última edição por Josey Wales em Sab Out 15, 2011 7:54 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Josey Wales
Admin

Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 38
Localização : Pará de Minas

Ver perfil do usuário http://conanobarbaro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Siegfried em Sab Out 15, 2011 7:16 pm

Tínhamos um review dele lá na comu do Conan, esse filme é pura comédia!
Os caras simplesmente pegaram meia dúzia de edições de Conan da marvel e costuraram nessa bagaceiragem
-O início é a cópia do começo de a "hora do dragão" onde os vilões abrem a tumba de xaltotum
-A demonstração de poder do feiticeiro recém ressucitado, é a mesma do chefe dos magos de YMSHA em "os profetas do círculo negro" (no qual arranca-se o coração da vítima viva por telepatia)
-O protagonista aceita salvar o reino usurpado da princesa caso ela deite-se com ele (como conan e yasmina em o colosso negro)
-A cruz em que o sujeito é crucificado é absolutamente igual á desenhada na história "Maldição da lua crescente"
-As falas do protagonista são praticamente tiradas das savage sword

*Richard Linch também foi o vilão KADAR no filme "THE BARBARIAN BROTHERS"

Ótimo post Josey!
avatar
Siegfried
Admin

Mensagens : 1086
Data de inscrição : 11/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Josey Wales em Sab Out 15, 2011 7:32 pm

Valeu por refrescar em minha memória estas passagens Siegfried. Realmente me lembrava apenas de algumas coisas... que doido... saber que os caras copiaram então descaradamente as ESC. rsrsrs. Vou ter que rever esta pérola.

Detalhe para o nome em português neh... afinal... todos nós sabemos que SORCERER significa BÁRBARO.

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Josey Wales
Admin

Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 38
Localização : Pará de Minas

Ver perfil do usuário http://conanobarbaro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Josey Wales em Sab Out 15, 2011 8:06 pm

como tosqueira pouca é bobagem... lançaram a continuação ano passado!! Trailler IMPERDÍVEL!!! Ralph Moeller, Kevin Sorbo, Christopher Lambert e Val Kilmer JUNTOS affraid

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Josey Wales
Admin

Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 38
Localização : Pará de Minas

Ver perfil do usuário http://conanobarbaro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Siegfried em Sab Out 15, 2011 8:43 pm

Mas que doideira é essa? era hiboriana do paraguai + vampiros do crepúsculo? que achado horripilante, hehehehe

_________________
"Saiba ó príncipe, que nos anos 80, houve uma era inimaginável, onde os bárbaros caminhavam sobre a terra...."
avatar
Siegfried
Admin

Mensagens : 1086
Data de inscrição : 11/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Josey Wales em Sab Out 15, 2011 8:47 pm

apesar de estarem na ficha técnica... eu nao vi no trailler nem o Lambert e nem o Kilmer...

e de novo o diretor continua ressucitando xaltotum, digo... um mal antigo. rsrsrs

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Josey Wales
Admin

Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 38
Localização : Pará de Minas

Ver perfil do usuário http://conanobarbaro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Josey Wales em Seg Out 17, 2011 11:43 am

Me fiz o esforço de procurar e assistir o filme neste domingo.... e... sinceramente... foi uma grata surpresa. Achei o filme bem melhor do que os "Ator" da vida ou mesmo do que os Deathstalker (mesmo eu gostando de algumas coisas nestes)... Agora... não sei se o filme poderia levar o nome "barbaro"... ele ta mais pra aventura de simbá do que barbarismo.

O filme copia descaradamente algumas passagens da ESC como ja alertou Siegfried, e vai alem, o filme apresenta reviravoltas e mais reviravoltas... algo que realmente parece ter sido muuuuuito influenciado pela obra de howard... porém (sempre tem um porém né), o filme usa e abusa de alívios cômicos o que reamente tira o "teor howardiano de ser". Se por um lado ele apresenta trama e personagens bem amarrados (como howard era mestre em fazer), por outro ele se torna descompromissado com piadas alá indiana jones (alias, a trilha sonora soh me fazia pensar em filmes como indiana ou simba).

O filme é tosqueira e muito comédia... mas, tendo em vista que eu ja fui preparado pra isto... me supreendeu!!! Era melhor do que eu estava esperando.

Destaque vai para as cenas de conversas no puteiro, onde, a cada momento alguem que queria se inteirar sobre o assunto punha a cabeça para fora da "tenda". Comédia total. Soh figura. rsrsrs

O heroi, Talon, é muuuuuuuuito canastrão!! kkkkkkkkkkkk É magrelo, e de cabelo.... cabelo.... cabelo... sei lá como definir aquilo. O cabelo do cara parece de isopor. Nem mexe. rsrsrs

Ao final do filme aparece o anuncio "a historia de Talon continua em: "Tales of Ancient Empire"... filme este que foi lançado ano passado como informamos acima. rsrsr Agora vai ser minha proxima meta. rsrsrs


Edit: algo que também realmente merece ser observado é a ridícula espada de 3 laminas que o personagem usa. rsrsrs Que por sinal... é capaz de lançar as laminas!!! Oo

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Josey Wales
Admin

Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 38
Localização : Pará de Minas

Ver perfil do usuário http://conanobarbaro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Filme] A ESPADA E OS BÁRBAROS (1982)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum