Conan, o Bárbaro
Olá guerreiro (a), seja bem vindo!!

Este fórum foi feito por fãs de Conan, o Cimério, numa pequena tentativa de reunir amigos e mais pessoas interessadas em assuntos relacionados a espada & feitiçaria.

Aqui você encontrará reviews de filmes, estudos sobre o tema, notícias e tudo mais que seja relacionado!!

Faça seu registro e participe conosco em nosso exército!!!

Grato!!
Administradores
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

Ver toda a lista

Julho 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário


Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Moderador
Mensagens : 374
Data de inscrição : 11/10/2011
Localização : Koth
Ver perfil do usuário

Aguirre, a Cólera dos Deuses

em Qui Ago 08, 2013 2:35 pm
Bom, lembro do Nando ter lembrado alguns dias atrás deste filme na Taverna, então resolvi ir atrás. Pra falar bem a verdade meu professor de História da América I já tinha indicado ele para a turma, e, apesar de ser um filme com elementos de fantasia e simbolismo forte, retrata com certa fidelidade o contexto dos conquistadores espanhóis do século XVI.

Pra começar, vale lembrar que o filme não segue fielmente a história de Lope de Aguirre, conquistador e rebelde espanhol. Esse personagem, inclusive, tem uma história peculiar, cheia de momentos marcantes. Era um daqueles conquistadores do período mais 'final' da conquista, quando as maiores riquezas já haviam sido usurpada e o número de aventureiros era maior. Não que a América do tempo de Aguirre já fosse um lugar amigável, muito pelo contrário, e é por esse ambiente hostil, habitado por conquistadores calejados da busca de riquezas é que Aguirre se rebela contra a coroa.

Mas enfim, chega de papo de historiador, vamos pro filme.



O filme começa com cenas longas, que mostram o ambiente hostil, o avanço sofrido e o clima tenso da marcha pela Amazônia peruana. Isso tudo acompanhado por um uma trilha digna de pink floyd. Esse clima tenso se estende por todo o filme, e é o que dá sua tônica. Aguirre, desde o início é retratado como gerador de discórdia, manipulador e, mais tarde, louco. A história segue e conforme ela continua intrigas internas vão dividindo o grupo e a natureza implacável vai diminuindo inexoravelmente o número de homens da expedição. Como num survival de horror a cada cena tem-se menos homens, e isso afeta psicologicamente o grupo que se vê suprimido pelo inferno verde da selva amazônica.


Infelizmente não posso falar mais do que isso, sem tocar em partes importantes do enredo que resultariam em spoilers, de resto deixo para vocês assistirem.  Mas posso adiantar que o filme é realmente bom, passa em todos os momentos a sensação de incômodo pelo ambiente hostil, o clima durante todo ele é tenso e tanto a ambientação como o figurino são convincentes (apesar do dito baixo orçamento do filme). Pra quem assistiu e gostou de apocalipse now é um filme q deve ser visto, sendo ele, inclusive, influenciado fortemente por Aguirre. O filme, é simbolista em certas partes e a trilha (uma espécie de textura sonora por detrás do filme, executada por uma competente banda de rock progressivo setentista) ajudam na ambientação e no progressivo clima de insanidade que vai sendo construido ao longo do filme. Ideal também pra quem curtiu El Topo, ou filmes do mesmo estilo.

Aguirre é um filme peculiar, não é para todos os gostos e precisa de mais "dedicação" do que a maior parte de filme menos "arrastados". Enfim, pro pessoal do fórum acho uma boa pedida, inclusive não só o filme como a história desse anti herói espanhol perdido no selvagem "novo mundo".

Pra quem quiser dar uma aprofundada no assunto, tenho aqui material da faculdade no meu caderno, se quiserem posso postá-lo mais tarde, além é claro da já conhecida wikipédia que tem bastante material a respeito do tema. Pra quem tiver algum conhecimento de inglês deixo aqui também  a carta de Aguirre, na qual ele se rebela abertamente contra o rei espanhol, mas que também mostra o lado dos conquistadores que não puderam compartilhar das riquezas americanas, e quando conseguiam, eram freados pelos magistrados reais.
http://www.losttrails.com/pages/Tales/deAguirre.html

ps: sugiro assistir o filme dublado em espanhol ou português, uma vez q o áudio original em inglês foi perdido, sendo o 'original' em alemão, o que para mim, quebra um pouco da ambientação do filme.

_________________
... in this you can trust
avatar
Mensagens : 201
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : brasilia
Ver perfil do usuário

Re: Aguirre, a Cólera dos Deuses

em Qui Ago 08, 2013 5:26 pm
ótimo tópico Stigmata.
os republicanos americanos, começando com  Bolivar, diziam que a carta de Lope de Aguirre era o primeiro documento de independência da América, ja que ele na carta se desligava da coroa de Castela e proclamava uma nova ordem.
À parte a maldade de Aguirre, a atuação de Kinski é soberba. andando de um lado para outro...
"se eu quiser que as aves caiam mortas das árvores, elas cairão!"
rs
avatar
Admin
Mensagens : 848
Data de inscrição : 10/10/2011
Idade : 37
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Aguirre, a Cólera dos Deuses

em Qui Ago 15, 2013 7:43 pm
Vou procurar pois não conhecia!

_________________
Chega um momento, o ladrão, quando as jóias deixam de brilhar, quando o ouro perde seu brilho, quando a sala do trono se torna uma prisão, e tudo o que resta é o amor de um pai para seu filho.
avatar
Admin
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 11/10/2011
Ver perfil do usuário

Re: Aguirre, a Cólera dos Deuses

em Sab Ago 17, 2013 4:56 pm
Maravilha, adorei o review

Já conhecia o filme há bastante tempo e gosto muito dele e retomando o comentário do Nando, Klaus dá um "banho". Mas pessoalmente falando, o constructo cênico (impecável) deste ator, emprestou um ar bastante clássico ao personagem, lembrando bastante aqueles déspotas romanos do tempo do império durante os (vários) delírios de conquista e poder do personagem central enquanto desbrava mata virgem.

O filme como já citado, é bastante simples, feito com orçamento curto, mas essa simplicidade acredito que emprestou bastante verossimilhança ás viagens reais dos conquistadores, que de fato contavam com os mais parcos recursos, que tinham pouca ou nenhuma logística para explorar o novo mundo, visto a enorme distância para se obter suporte e suprimentos com a coroa ou mesmo a civilização mais próxima.

Adicionando mais um dado filmográfico: este não é o único filme que relata a vida conturbada do capitão Aguirre, cito também o trabalho do Espanhol CARLOS SAURA que dirigiu EL DORADO (1988)LINK que filmou a lendária e tresloucada expedição com uma produção muito maior e uma abordagem mais completa do personagem, inclusive narrando a passagem sobre a traição da coroa citada pelo Nando, que de fato aconteceu, onde Aguirre e seus companheiros ensaiaram uma nova república (a partir de uma carta/constituinte escrita a partir de interessantes preceitos iluministas cultivados pelo capitão, que revelam um personagem mais multifacetado nas questões morais, além da tradicional maldade e vilania com que geralmente é associada a Lope nos meios onde é retratado)

O filme de Saura é um grande épico, porém bastante cansativo pois a história é arrastada e os personagens bem menos cativantes que a energética versão de "Cólera dos deuses" mas mesmo assim, principalmente para quem curte filmes históricos, vale a pena para conhecer uma versão mais completa da famosa expedição e do próprio Aguirre

*Só acho que esse tópico nao devia estar em sala "off" tinha que estar no somos quase Conan
Conteúdo patrocinado

Re: Aguirre, a Cólera dos Deuses

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum