Conan, o Bárbaro
Olá guerreiro (a), seja bem vindo!!

Este fórum foi feito por fãs de Conan, o Cimério, numa pequena tentativa de reunir amigos e mais pessoas interessadas em assuntos relacionados a espada & feitiçaria.

Aqui você encontrará reviews de filmes, estudos sobre o tema, notícias e tudo mais que seja relacionado!!

Faça seu registro e participe conosco em nosso exército!!!

Grato!!
Administradores
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

Ver toda a lista

Outubro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário


Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Admin
Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 39
Localização : Pará de Minas
Ver perfil do usuáriohttp://conanobarbaro.forumeiros.com

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Sex Nov 25, 2011 5:36 pm
assisti camelot até o 4 ou 5 episódio... isto fazendo um esforço quase sobre humano. A única coisa que prestava era o proprio merlin. Alias, até aquele seriado "merlin" que tem o cunho totalmente infantil, conseguia ser melhor do que Camelot.

Um filme que gostei sobre a lenda arturiana é o clássico "os cavaleiros da távola redonda" de 53 (se não me engano). Apesar de ser um filme mais puritanista e bem mais influenciado pela igreja cristã... é um filme bom dada a época e tal!!! Claro... não como excalibur é. E concordo com Siegfried... nenhum outro filme de superou excalibur na lenda arturiana ainda... Outro que eu gosto... e podem me jogar pedra... rsrsrs... é o desenho da disney "a espada era a lei".... é quase uma adaptação do livro "o único e eterno rei". É infantil... mas... gosto daquela abordagem.

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Admin
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 11/10/2011
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Sex Nov 25, 2011 5:41 pm
Bem o Merlim daquela série eu detestei! já começa que detesto o Ralph Fiennes, e merlim metido a político/ocultista não me convenceu

Pra mim o melhor da série era a Eva Green, principalmente quando ela aparecia como quando veio ao mundo, rsrsrsrsrs

Os cavaleiros é legal, mas tem umas cenas muito toscas (como quando o lancelot parte a espada na árvore propositalmente, ela quebra como se fosse de vidro, rsrsrs)
avatar
Admin
Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 39
Localização : Pará de Minas
Ver perfil do usuáriohttp://conanobarbaro.forumeiros.com

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Sex Nov 25, 2011 5:51 pm
Siegfried escreveu:
Os cavaleiros é legal, mas tem umas cenas muito toscas (como quando o lancelot parte a espada na árvore propositalmente, ela quebra como se fosse de vidro, rsrsrs)

acho que isto é um pouco de reflexo da ingenuidade da época. rsrsrs...

em tempo... me corrijo... eva green realmente era o melhor daquela péssima série. rsrsrs Tanto em atuação quanto em beleza!!!!!

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Admin
Mensagens : 848
Data de inscrição : 10/10/2011
Idade : 38
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Sab Nov 26, 2011 12:59 pm
E o filme Lancelot o Primeiro Cavaleiro com Richard Gere, o que acharam???

Eu não gostei, por se tratar mais de um romance do que filme medieval épico, mas a participação do Connery foi bem legal.

_________________
Chega um momento, o ladrão, quando as jóias deixam de brilhar, quando o ouro perde seu brilho, quando a sala do trono se torna uma prisão, e tudo o que resta é o amor de um pai para seu filho.
avatar
Mensagens : 201
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : brasilia
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Dom Nov 27, 2011 8:39 am
vocês lembram daquele filme da decada de 80?
Krull?
tinha efeitos especiais toscos. mas eu gostava...
daquela paradinha que girava de varias pontas...
rs
avatar
Admin
Mensagens : 831
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 39
Localização : Pará de Minas
Ver perfil do usuáriohttp://conanobarbaro.forumeiros.com

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Dom Nov 27, 2011 9:24 pm
se não me engano... Krull é um personagem dos quadrinhos... e me lembro sim do filme... mas nunca tive muito agrado com o mesmo não....

_________________
"I live, I burn with life, I love, I slay, and am content."
avatar
Admin
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 11/10/2011
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Dom Nov 27, 2011 11:16 pm
Quanto ao filme do gere, acho que foi outro tiro pela culatra em termos de lendas arthurianas, já que ele é muito mais focado no romance entre lancelot e guinevere e a maior parte dos mitos mais conhecidos e até o próprio rei Arthur se surgem, é em segundo plano (cálice sagrado, excalibur, morgana, mordred, etc.).

Sendo que a produção montou um figurino muito "refinado" para idade média (parece que arthur e os cavaleiros estão prontos para desfilar numa passarela de uma coleção versace de tão "fashion" que são suas roupas) achei ele bem insosso

Em tempo: Krull é um clássico dos 80's Laughing
avatar
Moderador
Mensagens : 374
Data de inscrição : 11/10/2011
Localização : Koth
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Qui Jan 31, 2013 2:38 pm
voltando ao início do tópico, a título de curiosidade. Como o post do josey falou sobre aragorn e conan, ambos serem estrangeiros e tomarem o poder de reinos que não os seus, esse é um tropos recorrente na mitologia mundial.

Há um texto de Marshal Sallins (antropólogo estado unidense) que analisa o tropo do "rei estrangeiro" e usa exemplos muito distantes (geograficamente falando) um é de uma lenda de papua nova guiné, do rei que teria vindo do mar (rei tubarão) e o caso de roma, onde Rômulo seria um estrangeiro que criaria uma cidade de renegados e tomaria o poder de alba longa após o rapto das sabinas.

Sabendo disso, creio que tanto howard quanto tolkien conhecesem o tal 'tropos do rei estrangeiro' pela erudição que ambos tinham, nem que indiretamente. É válido analisar também este tipo de relação com o rei estrangeiro que era legitimado pelo povo, mas que não era absolutista, pois tinha limites dentro de uma lógica de deveres, obrigações e respeito. Isso porém, já não poderei analisar nas obras de ficção hehehe

pra quem souber um pouco de inglês um resumo da wikipedia http://en.wikipedia.org/wiki/Stranger_King

_________________
... in this you can trust
avatar
Moderador
Mensagens : 374
Data de inscrição : 11/10/2011
Localização : Koth
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Qui Jan 31, 2013 6:34 pm
para dar uma descontraida...

imagem "tolkien meets howard" que encontrei no deviant art do usuário GTauste


_________________
... in this you can trust
avatar
Admin
Mensagens : 848
Data de inscrição : 10/10/2011
Idade : 38
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

em Sab Fev 02, 2013 3:02 pm
camponeses?

_________________
Chega um momento, o ladrão, quando as jóias deixam de brilhar, quando o ouro perde seu brilho, quando a sala do trono se torna uma prisão, e tudo o que resta é o amor de um pai para seu filho.
Conteúdo patrocinado

Re: Por Esta Espada, Eu Reino! (uma análise sobre as obras de Howard e Tolkein)

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum